05 e 06 de Junho de 2024 



09 Jun

Palestra Magna destaca os desafios e as oportunidades para a avicultura e suinocultura brasileira

Publicado em: 09 Jun 2022

Palestra Magna destaca os desafios e as oportunidades para a avicultura e suinocultura brasileira

Fechando a programação de apresentações da 6ª FAVESU, o “Painel do Agronegócio - FAES, SENAR, SINDICATOS, AVES e ASES” apresenta mais uma edição da Palestra Magna, que terá o comando do palestrante e cofundador da plataforma AAA Inovação, Arthur Igreja.

Com realização da AVES e ASES em conjunto com o sistema Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Espírito Santo (FAES), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-ES) e os Sindicatos Rurais, o momento debate sobre a temática: “Os impactos da crise mundial para o agronegócio. Desafios e oportunidades para a avicultura e suinocultura brasileira”.

 

 

Palestrante em mais de 150 eventos por ano como o TEDx no Brasil, Europa, Estados Unidos e América do Sul, Arthur retorna à FAVESU e fala como os setores avícola e suinícola devem seguir produzindo num mundo que ainda convive com uma pandemia e que apresenta um cenário político movimentado.

“Esses dois setores precisam entender quais fatores são externos e quais são de fato são seus, o que eu quero dizer com isso:  a avicultura e suinocultura estão muito assustadas com os preços dos custos, com uma série de dificuldades de logísticas e principalmente com o impacto da inflação. É importante entender que muito disso está alheio a esses setores. Dito isso, é preciso ter resiliência, continuar trabalhando e esperar a tormenta passar. São dois setores que estão muito bem posicionados, com um aumento de produtividade e com muita tecnologia a serviço. Nesta palestra, eu quero trazer um pouco de calma no sentido de que se tem uma tempestade, mas ela irá passar”, pontuou Arthur.  

 

 

O palestrante também destaca as perspectivas que os produtores podem ter com relação ao mundo do agronegócio nos próximos meses. “As coisas estão retornando cada vez mais sustentáveis e firmes. Os próximos meses tendem a ser de uma equalização, até porque todos nós fomos pegos de surpresa num cenário em que quando a economia parece que começa a ceder, nós temos uma situação de guerra que impacta diretamente os setores de cadeia produtiva. O que eu quero mostrar é que cada crise cria setores que são vencedores e outros que são mais atacados. E com todo esse cenário já passado, eu acredito que os próximos meses serão melhores”, encerrou o cofundador da plataforma AAA Inovação. 

Nós respeitamos sua privacidade. Utilizamos cookies para coletar estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação. Saiba mais em nossa política de privacidade.

Entendi e Fechar